Sou lojista

Lojas Abertas
aos Domingos

1 /3
Comparativo de carros
Você pode selecionar mais um carro
Você pode selecionar mais um carro
Você pode selecionar mais um carro

​​​​​​​​​​​Como declarar o veículo no Imposto de Renda

Quem comprou, vendeu ou tem carro e é obrigado a apresentar a declaração anual de IRPF, precisa informar esta operação na declaração. Confira o passo a passo elaborado com base nas informações disponíveis para a declaração do exercício de 2018 (ano-calendário 2017)! 

Como declarar veículo no Imposto de Renda é uma dúvida bastante comum – e a resposta é simples: se você já tinha, comprou ou vendeu um carro no ano a que se refere a declaração, a transação e o bem precisam constar na declaração. A boa notícia é que o procedimento não é complicado. E a gente explica! Confira o passo a passo de como declarar carro no Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) com base nas informações disponíveis para a declaração do exercício de 2018 (ano-calendário 2017).

Passo 01: baixe o aplicativo da Receita Federal


Para fazer a declaração, as maneiras mais fáceis são baixar o programa da Receita Federal para Imposto de Renda no seu computador, ou o aplicativo do IR no celular. É gratuito e bastante simples de mexer.

Passo 02: entre na opção bens e direitos e selecione o código 21


O código 21 é para veículos terrestres. Depois de selecionar essa opção, informe o país onde o carro foi adquirido e o número do Renavam, que fica no documento do carro. Na sequência preencha o campo discriminação, como veremos no próximo passo.


Passo 03: descreva o carro e a transição


No campo discriminação, informe os dados do seu carro (marca, modelo, ano de fabricação, placa, data de aquisição e renavam), do vendedor (nome, CPF ou CNPJ) e a forma de pagamento. Preparamos uma situação hipotética como exemplo, veja:

Automóvel Ka Hatch Se, marca Ford. Ano de fabricação 2018. Modelo 2018. Placa XXX 0000. 
Comprado de Localiza Seminovos, CNPJ nº 16.670.085/0001-55, no dia 10/06/2018, pelo valor de R$38.000,00. Sendo R$15.000,00 pago à vista e saldo financiado em 48 prestações mensais de R$ 550,00. Restam 42 parcelas.*

*Situação meramente ilustrativa. 
​​como declarar carro no ir.jpg





declarar carro no imposto de renda.jpg

​Passo 04:  preencha os campos de situação


Abaixo da descrição, há dois campos da situação do carro no último dia do ano. Em 2019, por exemplo, os campos provavelmente serão: situação em 31/12/2017 e situação em 31/12/2018. Esses espaços devem ser preenchidos com o que foi pago pelo veículo em cada ano.  

Carro comprado no ano referente à declaração: para o IR de 2019, você declara no campo 31/12/2018 tudo que efetivamente pagou em 2018. Se está quitado, o valor total. Se foi financiado, o valor das parcelas e da entrada. No campo de 2017, deixe zerado.

Carro comprado em anos anteriores: no Imposto de Renda de 2019, caso seu carro tenha sido comprado em anos anteriores a 2018, vale a mesma regra – descreva o que foi pago em cada ano. No campo para dezembro de 2017, descreva o que foi efetivamente pago pelo carro em 2017. E em 2018, o que foi pago em 2018. 


Passo 05: finalize


Pronto! Agora é só finalizar esta etapa da declaração clicando em OK. Se você comprou mais de um carro no ano anterior, repita o procedimento. Se você vendeu algum veículo, o procedimento também é o mesmo. 

Em outras palavras, para cada automóvel que você tem ou negociou, é necessário fazer esse procedimento informando o número do Renavam, dados do veículo, negociantes e valores.



Adicionalmente, entendemos que é importante ressaltar que esse alerta é apenas informativo, não tendo a Localiza qualquer responsabilidade sobre as informações prestadas pelo seu cliente à RFB e que, em caso de dúvidas, o cliente deve procurar o contador de sua confiança ou o atendimento da Receita Federal do Brasil. 

E a​gora que você já sabe como declarar seu carro no Imposto de Renda, clique aqui​ e confira a nossa variedade de marcas e modelos!​